Jogue papel higiênico no vaso sanitário, por favor.

toilet_paper_

É engraçado falar sobre hábitos de banheiro. Parece um assunto velado que ninguém gosta de falar, como se ninguém frequentasse banheiros, rs. As pessoas até procuram palavras mais engomadinhas para ficar menos feio mais atraente:  Vou ao toalete. Disse a moça.

Mas se pesar bem, os banheiros falam muito sobre a cultura local de um país. Por exemplo, aquela plaquinha que estamos superacostumados a ver, em banheiros públicos no Brasil, dizendo “Favor não jogar papel ingênico higiênico no vaso sanitário”.

Aqui na América a regra é outra: JOGUE PAPEL HIGIÊNICO NO VASO SANITÁRIO. E também pode esquecer a lixeirinha do banheiro. Raramente tem e quando tem é uma caixinha bem pequenininha para descartar absorventes. As lixeiras grandes ficam do lado de fora da “casinha” e são apenas para descartar os papéis usados para secar as mãos. Quando contei ao meu marido que no Brasil não se joga papel no vaso, ele quase caiu das pernas. – Quer dizer que a pessoa se limpa e guarda o papel num pote? Bem… eu nunca havia olhado por este lado, mas é quase isso. – Ui, que nojo! Eu ri, né?

Enfim… só sei que aqui a coisa é assim: terminou o serviço, secou, limpou? Joga o papel no vaso e puxe a descarga (ou espere que ela aciona sozinha, chic!).

Anúncios