Privada automática, você vai se sentar em uma!

privada_automatica_aqvoueua_3

Minha primeira descoberta na minha primeira viagem aos EUA foi totalmente na cagada  por acaso e inesperada, depois de cerca de 14 horas de viagem, cansadérrima e apuradíssima para ir ao banheiro. Ainda no avião, optei por esperar o desembarque para ir ao banheiro, estava cansada e com muita preguiça de encarar a fila dentro do avião. Depois de passar pela imigração e pegar as bagagens pude finalmente ir ao banheiro. Notei que a descarga do vaso sanitário disparou sozinha, assim que me levantei. Achei estranho, mas na hora o cansaço me impediu de notar a modernidade da coisa. Algumas semanas e alguns banheiros depois, descobri que muitos vasos sanitários aqui na América são ativados por sensores.

Ou seja, você não precisa puxar a descarga. Você se levanta e a descarga é acionada automaticamente. É muita modernidade né, gente? Mas aí você pergunta, e se você precisar dar uma “segunda” descarga? Tem que sentar no trono de novo? Não, não majestade. Dá uma conferida que tem sempre um botãozinho para acionamento manual. Além das privadas, torneiras, saboneteiras e dispensers de papel para enxugar as mãos, muitas vezes também são automáticos. Outra curiosidade em banheiros públicos por aqui é que muitas vezes você pode comprar absorventes femininos através de máquinas instaladas dentro dos banheiros. E aqueles santos protetores descartáveis para assento, estão em quase todos os lugares (banheiros).

VEJA VOCÊ MESMO

Anúncios